quarta-feira, 2 de abril de 2014

1984... Um ano inesquecível

Existem algumas temporadas que não saem da memória do torcedor andreense. Uma delas foi a de 1984. O time vinha de um acesso em 1981 e de uma ótima campanha de 1983, que o classificou para a Copa de Ouro, então divisão de elite do futebol brasileiro.

O Brasileiro trouxe confrontos com equipes tradicionais como o Coritiba e o então campeão do mundo, o Grêmio de Renato Gaúcho. O time do Santo André contava com a experiência do goleiro Tonho e com muita gente boa, de ótimo futebol e querendo impressionar na Elite, como Marcos Cidade, Marajó, Élcio, Rotta, Arnaldo, entre outros. Todos comandados por Jair Picerni. A campanha rendeu ao técnico uma vaga na seleção brasileira olímpica. Então em junho de 84, para auxiliar a preparação da seleção brasileira, foi realizado no estádio do Morumbi o jogo Brasil 3x3 Santo André.

Mas o jogo mais marcante dessa temporada com certeza foi o jogo realizado contra o Grêmio, no estádio Olímpico. O time Gaucho vinha embalado da conquista do Mundial um ano antes, estava com o ramalhão "engasgado" com a derrota ocorrida no Bruno José Daniel quinze dias antes , e foi pra cima do Ramalhão. Aos 30 minutos do primeiro tempo o placar mostrava 2 a 0 para o time Gaúcho, gols de Renato e Tarcisio. Arnaldo diminuiu para o Ramalhão. O Grêmio chegou ao terceiro gol novamente com Tarciso. Marajó novamente diminuiu. Neto marcou contra e tudo parecia definido para o time Gaúcho.

Então, na base de muita raça, amor à camisa e heroísmo, o Santo André mostrou a sua força e se lançou ao ataque. Jaime Boni marcou o terceiro gol Andreense e no apagar das luzes, Esquerdinha decretou números finais ao jogo. Os jornais da época destacavam a valentia e a ousadia do time Andreense, enfrentando o Campeão Mundial diante de sua própria torcida. Aliás, torcida gremista que se levantou e aplaudiu o golaço de Esquerdinha, que aos 45 minutos do segundo tempo decretava o empate, reconhecendo neste gesto,  a fibra e a capacidade do time Andreense.

O Santo Andre jogou nesse dia (15/02/1984) com Tonho, Marcos, Marajó, Neto e Jaime Boni; Élcio (Soni), Arnaldo e Rotta; Barbosa, Jones (Gerson Lopes) e Esquerdinha.

*** Esse texto foi feito especialmente para o Zine do amigo Maurico Noznica.

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário